Aplicativo Whatscine estreia no cinema brasileiro

cartaz
[início do texto acessível]
WHATSCINE
Acessibilidade para Pessoas com Deficiência
Audiodescrição, Subtitulação e Janela de LIBRAS

BAIXE AGORA O APLICATIVO GRÁTIS
01- No cinema conecte-se na rede Wifi Whatscine
02- Para audiodescrição use fones de ouvido
03- Legendas e LIBRAS na tela do celular ou tablete
Available on the App Store
Android APP on Google Play

Estreia exclusiva no cinema com o filme Hoje eu quero voltar sozinho
Whatscine – Empowering Tecnology
Produção: Lacuna Filmes
Distribuição: Vitrine Filmes
Acessibilidade: Mais Diferenças – Educação e Cultura Inclusivas

[fim do texto acessível]

Descrição da imagem
Cartaz retangular vertical. Na parte superior encontram-se os textos escritos em letras vermelhas e pretas e, abaixo do texto os ícones de Wifi, audiodescrição, Closed Caption e LIBRAS.
Mais abaixo, em um retângulo preto com bordas arredondadas, encontram-se as informações de acesso e funcionamento do aplicativo, incluindo dois QR codes que direcionam para as lojas de aplicativos do sistema IOS e Androide.
Na parte de baixo do cartaz uma imagem do filme Hoje eu Quero Voltar Sozinho onde vemos um jovem de cabelos lisos e castanhos deitado na borda de uma piscina. A imagem é aproximada mostrando o rosto e ombros do rapaz e parte do braço que encosta na água. Sobre a imagem, na parte superior o texto em letras pretas e na parte inferior os logotipos.

Aplicativo Whatscine estreia no cinema brasileiro
com o filme “Hoje Eu Quero Voltar Sozinho”

Whatscine tem estreia no Brasil no Espaço Itaú de Cinema do Shopping Frei Caneca, em São Paulo, em 10 de abril, com o premiado filme “Hoje Eu Quero Voltar Sozinho” de Daniel Ribeiro.

Tecnologia inovadora e gratuita garante acessibilidade a pessoas com deficiência a partir de smartphones e tablets.
Aplicativo transmite recursos de audiodescrição, interpretação em Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) e subtitulação – conteúdo acessível produzido pela OSCIP Mais Diferenças.

Em parceria com a OSCIP Mais Diferenças, o Espaço Itaú de Cinema e a Vitrine Filmes lançam no cinema brasileiro o Whatscine: aplicativo que transmite recursos de audiodescrição, interpretação em LIBRAS e subtitulação a smartphones e tablets, permitindo a inclusão de pessoas com deficiência.

“O Whatscine foi lançado recentemente na Europa e já está disponível no Brasil, isso mostra a importância do nosso pais no cenário de inclusão das pessoas com deficiência”, comenta Luis Mauch um dos idealizadores da iniciativa.

O Whatscine tem estreia exclusiva no cinema nacional com o filme “Hoje Eu Quero Voltar Sozinho”, do diretor Daniel Ribeiro, em 10 de abril, na unidade do Espaço Itaú de Cinema do Shopping Frei Caneca, em São Paulo.

Não por acaso, o aplicativo que permite tornar a arte cinematográfica universal chega às salas de cinema do país com um filme que trata justamente da inclusão. “Hoje Eu Quero Voltar Sozinho” – premiado em fevereiro pela Federação Internacional de Críticos de Cinema (Fipresci) como o melhor filme da mostra Panorama, do Festival de Berlim – conta a história de dois adolescentes, um deles cego, que descobrem juntos o amor homo afetivo, a sexualidade e os primeiros conflitos da idade adulta que se avizinha.

O público poderá assistir a “Hoje Eu Quero Voltar Sozinho” com os recursos do Whatscine em todas as sessões do filme no Espaço Itaú de Cinema Frei Caneca.

Serviço:
Espaço Itaú de Cinema Frei Caneca
Rua Frei Caneca, 569 – Consolação
São Paulo-SP
Tel. (11) 3472-2368
Confira a programação no site http://www.itaucinemas.com.br/home/.

Sobre o Whatscine

O Whatscine – tecnologia desenvolvida pela Universidad Carlos III, de Madri – oferece acessibilidade a pessoas com deficiência em smartphones e tablets. Isso é possível graças aos recursos de (a) audiodescrição via fones de ouvidos; (b) imagens nas telas dos dispositivos de intérpretes de Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS); (c) e subtítulos também nos visores. Sua utilização não gera desconforto aos espectadores sem deficiência, pois possui baixa luminosidade e o áudio não é transmitido por alto falante. O aplicativo oferece ainda opções de interatividade e publicidade aos espectadores, trazendo novas opções de entretenimento.

O objetivo do Whatscine é promover a inclusão, o lazer compartilhado e o acesso à cultura para todos, equiparando oportunidades e incorporando novo público ao cinema.

Sobre a Mais Diferenças

A Mais Diferenças desenvolve projetos para inclusão de pessoas com deficiência, com foco em educação e cultura. Fundada em 2005, a Mais Diferenças acredita que a construção de uma sociedade justa e inclusiva passa necessariamente pela garantia do direito fundamental de acesso à educação e cultura.

Sobre Recursos de Acessibilidade

Audiodescrição: A audiodescrição, informação falada de imagens, é um recurso de acessibilidade que possibilita ao cego captar o que é visual numa cena. É um detalhamento do que está na imagem. A audiodescrição consiste em descrever cenários, personagens, posições, formas, cores, situações e detalhes para que as pessoas com deficiência visual tenham acesso aos bens e produtos culturais.

Interpretação em Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS): Tradução do conteúdo e do contexto do texto falado. É um recurso de acessibilidade que possibilita que as pessoas com deficiência auditiva ou surdas tenham acesso às informações sonoras através da interpretação na Língua Brasileira de Sinais.

Subitulação: Legendas escritas que apresentam, além dos diálogos, os elementos narrativos não verbais, como sons, músicas, efeitos sonoros e indicação de personagens. Este recurso de acessibilidade é destinado aos espectadores com deficiência auditiva ou surdez, promovendo o acesso a informações que auxiliam no entendimento da obra.

Mais informações / Contato

Para mais informações sobre o aplicativo, favor contatar Luís Mauch (luis@whatscine.com.br) e Pedro Berti (pedro@whatscine.com.br). Telefone: (11) 3881-4610

HOJE EU QUERO VOLTAR SOZINHO, longa de Daniel Ribeiro, estreia nacionalmente em 10 de abril

filme conquistou dois prêmios na última edição do Festival de Berlim e um terceiro no Festival de Guadalajara

o curta que originou esse longa teve mais de 3 milhões de visualizações

Sinopse: Leonardo é um adolescente cego que, como qualquer adolescente, está em busca de seu lugar. Desejando ser mais independente, precisa lidar com suas limitações e a superproteção de sua mãe. Para decepção de sua inseparável melhor amiga, Giovana, ele planeja libertar-se de seu cotidiano fazendo uma viagem de intercâmbio. Porém a chegada de Gabriel, um novo aluno na escola, desperta sentimentos até então desconhecidos em Leonardo, fazendo-o redescobrir sua maneira de ver o mundo.

Trailer Acessível: https://www.youtube.com/watch?v=maMZJHXB1mA

PARTIPAÇÃO EM FESTIVAIS INTERNACIONAIS

O filme esteve nos seguintes festivais:

64º Festival Internacional de Cinema de Berlim / Berlinale. Esteve na mostra Panorama e foi eleito o melhor longa, pela Fipresci (Associação Internacional de Críticos de Cinema), e conquistou o Teddy Bear, outorgado a filmes com temática e/ou personagens gays.

54º Festival Internacional de Cartagena das Índias

29º Festival Internacional de Cinema de Guadalajara; foi eleito, pelo público, como melhor filme.

Sobre o diretor, Daniel Ribeiro

Daniel Ribeiro, paulista, nasceu em 1982. Formado no curso de Audiovisual pela ECA-USP, é um dos criadores do site Música de Bolso (musicadebolso.com.br). Roteirizou e dirigiu os curtas metragens Café com Leite (2008) e Eu Não Quero Voltar Sozinho (2010), filmes que conquistaram 115 prêmios em festivais de cinema, entre eles o Urso de Cristal no 58º Festival Internacional de Cinema de Berlim e o Grande Prêmio do Cinema Brasileiro de Melhor Curta Metragem de Ficção, concedido pela Academia Brasileira de Cinema. Em 2011, foi um dos criadores do “Projeto #EuSouGay”, no qual dirigiu e montou um vídeo-resposta à atos homofóbicos ocorridos no início daquele ano.

FICHA TÉCNICA

Duração: 96′

Ano de produção: 2014

País de Origem: Brasil

Elenco:

Leonardo: Ghilherme Lobo

Gabriel: Fabio Audi

Giovana: Tess Amorim

Laura: Lúcia Romano

Carlos: Eucir de Souza

Avó Maria: Selma Egrei

Karina: Isabela Guasco

Guilherme: Victor Filgueiras

Fabio: Pedro Carvalho

Carlinhos: Guga Auricchio

Roteiro e Direção: Daniel Ribeiro

Produção: Daniel Ribeiro e Diana Almeida

Produção Executiva: Diana Almeida

Fotografia: Pierre de Kerchove

Direção de Arte: Olivia Helena Sanches

Montagem: Cristian Chinen

Produção: Lacuna Filmes

Distribuição Brasileira: Vitrine Filmes

Agência de Vendas Internacional: Films Boutique

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s