Semiótica Aplicada à Audiodescrição

Em sua dissertação, Flávia Mayer reflete sobre as relações intersemióticas com dispositivos de audiodescrição. Esses dispositivos visam promover acessibilidade a pessoas prejudicadas cognitivamente no consumo de informações visuais. O estudo se desenvolveu a partir da busca de entendimento a respeito das características e do contexto histórico do deficiente visual, principal receptor a que a audiodescrição se destina. A pesquisa abordou temas como lugar de fala, leitor-modelo, dispositivo, cognição, fenomenologia, tradução, tradução intersemiótica, além de estudos sobre o som.

Leia o artigo completo de Flávia em https://dl.dropboxusercontent.com/u/10004244/Blog/Artigos%20Acad%C3%AAmnicos/Comunicacao_MayerFA_1.pdf

Fonte: www.blogdaaudiodescricao.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s