Acessibilidade e inclusão discutidas por profissionais do Mercosul

O CREA-PR promove nos dias 3 e 4 de agosto (quarta e quinta-feira), no Recanto Park Hotel, de Foz do Iguaçu, o Seminário Internacional de Acessibilidade – Uma responsabilidade profissional.
Viabilizado através do Programa de Acessibilidade do CREA-PR, o encontro tem perfil internacional e reunirá experts em diversas áreas para apresentar experiências particulares a respeito do tema acessibilidade. “Queremos que as iniciativas mostradas pelos participantes do seminário possam ser multiplicadas em outros municípios”, explica a coordenadora do Programa de Acessibilidade do CREA-PR, engenheira civil Vivian Curial Baêta de Faria. “A acessibilidade e sua inserção nas políticas públicas do Paraná é uma luta que o CREA-PR assumiu há cinco anos. O evento coroa este trabalho que tem um lado social aparente”, diz.
Programação
Na programação do primeiro dia, está o painel “Políticas Públicas do Governo Federal para as Pessoas com Deficiência” (Secretaria Nacional de Promoção da Pessoa com Deficiência da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República), “Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência – Uma Experiência a Ser Multiplicada” (administrador Irajá de Brito Vaz, Secretário Municipal da Pessoa com Deficiência da Prefeitura Municipal de Curitiba), “Contribuição de um Conselho Profissional para a Causa da Acessibilidade – Case do CREA-PR” (engenheiro agrônomo Álvaro José Cabrini Junior, presidente do CREA-PR), “Desenho Universal: Realidade na Urbe” (arquiteta Silvana Cambiaghi, Comissão da Pessoa com Deficiência da Prefeitura Municipal de São Paulo), “Acessibilidade em Moradias Populares – Case da CDHU” (arquiteta Irene Rizzo, Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado de São Paulo), “Desenho Inclusivo: Urbanismo, Turismo e Lazer” (arquiteta Verônica Camisão Costa, presidente da International Commission on Technology and Accessibility da América Latina, da Rehabilitation International), “Mobilidade Urbana” (arquiteta Verônica Camisão – RJ, consultora para Acessibilidade do Banco Mundial, Vice-Presidente do International Commission on Technology and Accessibility da América Latina, da Rehabilitation International) e “A Arborização de Ruas e a Acessibilidade Pública” (engenheira florestal Daniela Biondi, UFPR).
No segundo dia de seminário estão previstos os paineis “Acessibilidade em Foz do Iguaçu” (engenheira civil Pricila Bevervanço Mantovani, Chefe da Divisão de Operações do FOZTRANS – Instituto de Transportes e Trânsito de Foz do Iguaçu), “Socorro – Referência Nacional em Acessibilidade no Turismo” (economista Carlos Tavares, Secretário Municipal de Turismo e Cultura da Prefeitura Municipal de Socorro – SP), “Acessibilidade no Parque Nacional Iguazú – Argentina” (Daniel Alberto Crosta, Intendente do Parque Nacional Iguazú, que é totalmente acessível), “Acessibilidade em Museus para Pessoas com Deficiência” (licenciada em Educação Artística Viviane Sarraf, Fundação Dorina Nowill para Cegos e Empresa Museus Acessíveis – SP), “A importância das Normas – Cases de sucessos e fracassos com Plataformas e Elevadores” (engenheiro mecânico Sérgio Yassuo Yamawaki, Membro do comitê da ABNT para a elaboração das normas nacionais de elevadores e plataformas elevatórias), “Case – Hotel Certificado pelo Instituto Pestalozzi” (Roger Bacchi, diretor de Acessibilidade da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis), “Certificação de Acessibilidade – A Experiência da Cidade de São Paulo” (eng. civil Oswaldo Rafael Fantini, Secretaria da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida da Cidade de São Paulo) e “Certificación em Accesibilidad – Experiencia em Uruguay” (arquiteta Teresita Amarillo, Secretaria Técnica del Comité de Normalización de UNIT – Instituto Uruguayo de Normas Tecnicas).
“Nosso Programa de Acessibilidade pretende inserir as questões afetas à acessibilidade em todas as instâncias do Conselho, da mesma forma que busca conscientizar os profissionais e toda a sociedade civil sobre a importância do atendimento às normas vigentes que se referem ao assunto”, fala o presidente do CREA-PR, engenheiro agrônomo Álvaro Cabrini Jr. “O conceito é garantir o acesso pleno de pessoas deficientes em obras e serviços de engenharia e arquitetura”, resume.
Inscrições para o seminário e informações a respeito podem ser encontradas no link
http://www.crea-pr.org.br/seminarioacessibilidade ou nos telefones 0800-410067 / (41) 3350-6700 (41) 3350-6700
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s